Imprimir

Passaporte Qualifica

ligado . Publicado em Centro Qualifica de Vizela

O Passaporte Qualifica é um instrumento tecnológico de registo das qualificações e competências adquiridas ou desenvolvidas ao longo da vida do adulto e de orientação para percursos de aprendizagem.
A partir da capitalização dos resultados de aprendizagem já alcançados e das competências adquiridas pelo adulto, o Passaporte Qualifica simula diversos percursos de qualificação possíveis para a obtenção de novas qualificações e/ou progressão escolar e profissional.
Sendo uma prioridade do Sistema Nacional de Qualificações o aumento do nível de qualificação dos adultos, o Passaporte Qualifica prioriza propostas de conclusão e/ou aumento da qualificação dos adultos, bem como para a qualificação de dupla certificação.
Os percursos de qualificação são sugeridos em função da maior capitalização possível de unidades de formação já certificadas e de créditos já obtidos pelo adulto em formações anteriores.

- Porque devo obter o Passaporte Qualifica?
Com o Passaporte Qualifica adquirirá informação útil e relevante para poder organizar o percurso já efetuado (por muito avulso e disperso que seja) e, com base neste, identificar as opções que dispõe para alcançar a progressão escolar e profissional que pretende.
O Passaporte poderá ser alterado, atualizado e impresso, a qualquer momento, tornando-se um instrumento que o acompanha em todas as fases da sua vida ativa.

- Quem pode aceder ao Passaporte Qualifica?
O Passaporte Qualifica é um simulador para orientação de percursos de aprendizagem ao longo da vida que possui duas áreas reservadas: uma Área Pública e uma Área Privada.
Área Pública – simulador público para utilizadores não autenticados que permite simular percursos de educação e formação, já efetuados mas não registados no SIGO, ou percursos a efetuar.
Área Privada - para utilizadores autenticados, com registos de competências na plataforma SIGO. Organiza o percurso de educação e formação efetuado pelo adulto (por muito avulso e disperso que seja) em metas de qualificação (escolar, dupla e/ ou profissional) organizadas em função da maior capitalização possível de unidades de formação já certificadas e de créditos já obtidos e identifica percursos possíveis para as atingir.
 
educação e formação de adultos vizela qualifica
 
 
Imprimir

Formações Modulares

ligado . Publicado em Centro Qualifica de Vizela

As Formações Modulares (FM), integradas no âmbito da formação contínua de ativos, destinam-se a adultos sem a conclusão do ensino básico ou secundário ou sem a qualificação profissional adequada que pretendam adquirir competências escolares e ou profissionais com vista a uma (re)inserção ou progressão no mercado de trabalho.
As ações de formação modular são capitalizáveis e permitem também a obtenção de uma ou mais qualificações constantes do Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ).
Esta modalidade de formação é indicada para adultos que procuram percursos formativos com uma carga horária mais flexível (entre 25 a 600 horas), isto é, formação ajustada às suas possibilidades e necessidades.

- FORMAÇÃO
As ações de formação modular são compostas por Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD). Uma UFCD é um conjunto estruturado de conteúdos e pode ter a duração de 25h ou de 50h.
A organização curricular das FM realiza-se, para cada UFCD, em termos de conteúdos e carga horária, de acordo com os referenciais de formação constantes do Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ), podendo corresponder a unidades da componente de formação de base/escolar, da componente de formação tecnológica, ou a ambas.

- CERTIFICAÇÃO
Sempre que um adulto conclua com aproveitamento uma formação modular é-lhe emitido um certificado de qualificações que discrimina todas as unidades de competência ou de formação de curta duração concluídas com aproveitamento.
Sempre que a conclusão com aproveitamento de uma ou mais UFCD e da Formação Prática em Contexto de Trabalho (FPCT), quando exigida, assegurar a obtenção de uma qualificação prevista no CNQ, deverá o adulto solicitar a validação final do seu percurso de formação perante uma comissão técnica, num Centro Qualifica.
À comissão técnica compete avaliar o percurso efetuado em várias ações de formação e ou nas várias entidades em que o adulto tenha realizado a sua formação modular, verificando, designadamente, a conformidade do respetivo processo e emitir parecer para emissão do certificado final de qualificações e do diploma.

- DURAÇÃO
A duração de um percurso de formação modular pode variar entre as 25 e as 600 horas.
Sempre que a duração de uma formação modular seja superior a 300 horas, um terço das mesmas deve corresponder a unidades da componente de formação de base dos referenciais do Catálogo Nacional de Qualificações.

- CONDIÇÕES DE ACESSO
Ter idade igual ou superior a 18 anos.
Podem ser integrados em formações modulares, formandos com menos de 18 anos, desde que comprovadamente inseridos no mercado de trabalho ou em centros educativos tutelados pelo Ministério da Justiça.
- A frequência de unidades de formação de curta duração inseridas em percursos de nível básico dirige-se, prioritariamente, a adultos com níveis de habilitação escolar inferiores ao 3.º ciclo do ensino básico (9.º ano).
- O acesso a unidades de formação de curta duração, inseridas em percursos de nível secundário, exige uma habilitação escolar de, pelo menos, o 3.º ciclo do ensino básico (9.º ano).

- PROSSEGUIMENTO DE ESTUDOS
Os adultos que concluírem uma formação modular que permita obter uma qualificação do Catálogo Nacional de Qualificações e que pretendam prosseguir estudos estão sujeitos aos respetivos requisitos de acesso das diferentes modalidades de formação.
Se os adultos pretenderem prosseguir estudos para o ensino superior, podem fazê-lo nos termos definidos pelas deliberações vigentes da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior, ou nos termos do Decreto-Lei n.º 113/2014, de 16 de julho, que altera o Decreto-Lei nº 64/2006, de 21 de março, que define o acesso ao ensino superior por maiores de 23 anos.

- LEGISLAÇÃO
Portaria n.º 230/2008, de 7 de março, com a redação dada pela Portaria n.º 283/2011, de 24 de outubro.

 

- PRÉ-INSCRIÇÃO -

Imprimir

Centro Qualifica de Vizela

ligado . Publicado em Centro Qualifica de Vizela


CQualificaVizela 185x203 transp
 
 
O Centro Qualifica de Vizela, promovido pelo Agrupamento de Escolas de Caldas de Vizela, tem um vasto conhecimento no âmbito da Educação e Formação de Adultos. Fomos Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (CRVCC), Centro Novas Oportunidades (CNO) e Centro para a Qualificação e o Ensino Profissional (CQEP).
 
Neste percurso, com mais de dez anos de experiência, adquirimos uma extraordinária aptidão para enfrentar os atuais desafios da qualificação, que entendemos ser a mobilização da população adulta pouco qualificada em situação de desemprego ou com emprego precário e também a mobilização de jovens desempregados, que abandonaram precocemente a escola.

O Centro Qualifica de Vizela apela continuamente para a importância do investimento na qualificação, encaminhando quem nos procura para as ofertas mais adequadas. Neste sentido, estamos a promover processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC), de Nível Básico (4º, 6º ou 9º anos) e de Secundário (12º ano). Promovemos também, em coordenação com o Agrupamento de Escolas de Caldas de Vizela e com o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA) e Formação Modular (UFCD).
 
 
 
Imprimir

Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC)

ligado . Publicado em Centro Qualifica de Vizela

Os processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC), desenvolvidos nos Centros Qualifica, consistem no reconhecimento de competências escolares e profissionais adquiridas pelos adultos, ao longo da vida, tendo em vista a respetiva certificação.
O RVCC Escolar visa a melhoria dos níveis de certificação escolar dos adultos que não possuam o nível básico ou secundário de escolaridade. Este processo permite reconhecer, validar e certificar os conhecimentos e as competências resultantes da experiência adquirida em contextos não formais e informais ao longo da sua vida. A certificação obtida através deste sistema é igual à atribuída nas outras vias e permite o prosseguimento de estudos.
Os adultos que não possuem qualificação na sua área profissional podem também ingressar num processo de RVCC Profissional. Este sistema possibilita reconhecer, validar e certificar os conhecimentos e as competências profissionais resultantes da experiência adquirida em diferentes contextos ao longo da vida. A certificação obtida através deste sistema permite não só a valorização pessoal, social e profissional, mas também o prosseguimento para percursos de formação de nível subsequente.
 
- COMO SE PROCESSAM
Estes processos integram etapas de reconhecimento e validação das competências detidas pelo adulto e uma etapa de certificação das mesmas, através de realização de uma prova, certificada por um júri. No desenvolvimento dos processos de RVCC os adultos devem frequentar uma componente de formação complementar de um mínimo de 50 horas, acrescida de um máximo de 25 horas para a preparação da etapa de certificação.
Os processos de RVCC escolar baseiam-se em referenciais de Competências-Chave de Educação e Formação de Adultos para o nível básico e secundário.
Os processos de RVCC profissional têm como base os referenciais de competências profissionais que integram as qualificações disponíveis no Catálogo Nacional de Qualificações.
 
- CERTIFICAÇÃO
A conclusão de um processo de RVCC escolar pode conduzir a uma certificação total (equivalente ao 1.º 2.º ou 3.º ciclos do ensino básico ou do nível secundário de educação) ou a uma certificação parcial.
A conclusão de um processo de RVCC profissional pode conduzir a uma certificação total correspondente ao nível 2 de qualificação (caso o candidato já seja detentor do 3º ciclo do Ensino Básico) ou ao nível 4 de qualificação (caso o candidato já seja detentor do nível secundário de educação) ou a uma certificação parcial.
Caso o adulto obtenha uma certificação parcial no âmbito do desenvolvimento de um processo de RVCC, o Centro Qualifica procede ao seu encaminhamento para uma entidade de educação e formação.
 
- A QUEM SE DESTINAM
Os processos de RVCC destinam-se a adultos (caso tenham idades compreendidas entre os 18 e 23 anos inclusive, só poderão realizar um processo RVCC se tiverem no mínimo 3 anos de experiência profissional comprovada pela Segurança Social).
O acesso a este processo não exige habilitação escolar mínima.
 
- PROSSEGUIMENTO DE ESTUDOS
Todos os adultos, que concluam processos de RVCC de nível secundário, podem aceder ao ensino superior através da realização de provas especialmente adequadas, realizadas pelos estabelecimentos de ensino superior, enquadradas pelo regime de acesso por maiores de 23 anos (Decreto-Lei nº 64/2006, de 21 de Março), ou através da realização de exames nacionais do ensino secundário.
 
- ONDE FUNCIONAM
Centros Qualifica
 
- LEGISLAÇÃO
Portaria n.º 232/2016, de 29 de agosto que procede à regulação da criação e do regime de organização e funcionamento dos Centros Qualifica.
 
 
Imprimir

Educação e Formação de Adultos (EFA)

ligado . Publicado em Centro Qualifica de Vizela

Os cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA) são uma oferta de educação e formação para adultos que pretendam elevar as suas qualificações.
Um curso EFA Escolar permite completar o 1.º, 2.º ou 3.º ciclos do ensino básico ou o ensino secundário.

Um curso EFA de Dupla Certificação permite adquirir uma habilitação escolar e certificação profissional.

Existe ainda a modalidade de EFA Profissional. Esta modalidade aplica-se a adultos já detentores do 3.º ciclo do ensino básico ou do nível secundário que pretendam obter uma dupla certificação. Nesta situação, os adultos podem desenvolver apenas a componente de formação tecnológica do curso EFA correspondente.
 
 
- CONDIÇÕES DE ACESSO

Ter idade igual ou superior a 18 anos.

A título excecional, poderá ser aprovada a frequência num determinado Curso EFA a formandos com idade inferior a 18 anos, desde que estejam comprovadamente inseridos no mercado de trabalho.
 
 
- PROSSEGUIMENTO DE ESTUDOS

Os adultos que concluam o ensino básico ou secundário através de cursos EFA e que pretendam prosseguir estudos estão sujeitos aos respetivos requisitos de acesso das diferentes modalidades de formação.

A certificação escolar resultante de um curso EFA de nível básico permite o prosseguimento de estudos através de um curso EFA de nível secundário ou o ingresso num processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) com vista à obtenção de uma qualificação de nível secundário.

A certificação escolar resultante de um Curso EFA de nível secundário permite o prosseguimento de estudos através de um Curso de Especialização Tecnológica ou de um curso de nível superior, mediante as deliberações definidas pela Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior, ou nos termos do Decreto-Lei n.º 113/2014, de 16 de julho, que altera o Decreto-Lei nº 64/2006, de 21 de março, que define o acesso ao ensino superior por maiores de 23 anos.


- ONDE FUNCIONAM

Estabelecimentos do ensino público e do ensino particular ou cooperativo;

Centros de Formação Profissional do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP);

Outras entidades formadoras acreditadas.


- LEGISLAÇÃO

Portaria n.º 230/2008, de 7 de março, com a redação dada pela Portaria n.º 283/2011, de 24 de outubro.
 
 
Imprimir

Contactos - Centro Qualifica de Vizela

ligado . Publicado em Centro Qualifica de Vizela

 CQualificaVizela 185x203 transp

CENTRO QUALIFICA DE VIZELA

☏ 253 484 350

☎ 933 127 854

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 logo aecv qualifica

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CALDAS DE VIZELA

Rua Joaquim Costa Chicória, n.º 1

4815-513 Caldas de Vizela

Tel.: 253 480 300

Fax.: 253 587 576

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.